quarta-feira, 18 de maio de 2011

Artistas de Teresópolis participam do programa do Ziraldo






A Secretaria de Cultura de Teresópolis esteve no Rio de Janeiro recentemente para gravar uma participação no programa ABZ do Ziraldo, transmitido semanalmente pela TV Brasil, aos domingos, às 12h, com a apresentação do cartunista Ziraldo. Teresópolis foi representada pelo grupo de teatro Mambemberê e a participação do grupo foi gravada no Estúdio do Cais, no centro do Rio.
Formado pelos atores Ayrton Rebello, Maura Ferreira, Gisele Rosini e Thomaz Garcia, o grupo encenou o esquete ‘Vital e sua moto’, que faz parte do espetáculo ‘Transitando’, também encenado pelo grupo e que visa, de forma lúdica, conscientizar a população sobre a educação no trânsito. O esquete conta a história de Vital, que finalmente consegue realizar o seu sonho de metal e comprar uma moto. Mas, depois de algum tempo, ele se torna um péssimo condutor e acaba se acidentando, indo parar no hospital. A encenação é feita de modo divertido e sem diálogo entre os atores, utilizando locução em off e uma paródia da música ‘Vital e sua moto’ de Herbert Vianna.
O grupo foi descoberto pela produtora do programa, Vivien Lynch, que estava à procura de novos talentos para uma participação especial. “Estamos sempre procurando atrações diferentes. E nosso maior desafio era não repetir nenhum artista nesta segunda temporada. Assim, começamos nossa busca. Através de longa pesquisa pela internet, descobri o Mambemberê e fiquei encantada com o grupo e o tipo de trabalho realizado, que mostra também um pouco do teatro de rua, mambembe. E a partir daí, iniciamos os contatos para trazê-los”, comentou.
Produzido pela FBL & Associados Comunicação, o programa ABZ do Ziraldo é um infantil, com formato de programa de auditório e tem 26 minutos de duração, divididos em dois blocos. No primeiro bloco, é realizada sempre uma contação de história. E no segundo bloco, é apresentada sempre uma atração diferente, uma performance, como é o caso do Mambemberê, seguida de uma entrevista feita por Ziraldo com um escritor.
A performance do grupo teve duração de quatro minutos e agradou a platéia, formada por 30 crianças, na faixa-etária de 7 a 12 anos, alunas da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro. “Por isso, as gravações são feitas sempre nos fins de semana, para não prejudicar a vida escolar das crianças”, explicou Vivien.
Para o secretário de Cultura, Ronaldo Fialho, participações como esta são fundamentais para a valorização da cultura no município. “O reconhecimento ao trabalho do grupo não apenas estimula seu aperfeiçoamento, como também valoriza os agentes culturais atuantes em Teresópolis, comprovando a qualidade do trabalho realizado na cidade. Assim como o Mambemberê, outros grupos teatrais já estiveram ou ainda estarão em ascensão e, certamente, terão sempre o nosso apoio”, comentou.
A previsão é que o programa vá ao ar no segundo semestre deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário