terça-feira, 7 de junho de 2011

CULTURA NOS BAIRROS - SALACO! [2]






As crianças da Escola Estado de Israel também não perderam tempo e fizeram questão de participar. Juntas, as amigas Julia Ramos, Vitória Guzzo, Paola Rosa e Paola Pereira cantaram ‘Meteoro’, de Luan Santana. “Nossa. Está muito legal hoje aqui. Cantar, dançar... Muito bom”, comentou Julia. Outro representante da comunidade a participar foi o Grupo Ágape, da Igreja Brasil para Cristo, que encantou a plateia. Formado pelas adolescentes Maiara Carreiro, Jéssica Carreiro, Jéssica Santos, Adriele de Oliveira, Amanda de Oliveira e Talita Paim, o grupo coreografou as músicas ‘Dá vontade de pular’ e ‘Deus é bom’.
A tarde de atividades teve ainda a apresentação do espetáculo de teatro ‘João Fazendo’. Encenado pelos agentes culturais Thomaz Garcia, Maura Ferreira, Gisele Rosini, Cintia Luando e Karine Biassi, o esquete de teatro de rua, que aborda a consciência para a ecologia e a preservação do meio ambiente, agradou em cheio. Com narração de Ayrton Rebello, coordenador do projeto, a apresentação contou com a participação efetiva das crianças do bairro, que interagiram e interpretaram personagens da história. E encerrando as atividades, um show de malabares com os artistas Ivo Bernardo e Alexandre Zigoto, que abusaram das acrobacias com bolas, bastões e outros objetos.
Diretora da Escola Municipal Estado de Israel, Maria do Rosário Fernandes Barbosa, ficou satisfeita. “Sem dúvida, é um projeto maravilhoso. Aqui no Salaco, existe uma grande dificuldade de acesso a tudo. Então, um dia como este faz toda a diferença. O projeto trouxe encantamento à comunidade, através da dança e do teatro. Isto sem falar no trabalho de resgate da cultura, com as músicas e as brincadeiras, e de integração com o bairro, fortalecendo a parceria comunidade-escola. Só temos a agradecer à Secretaria de Cultura pela iniciativa”, elogiou.
O Cultura nos Bairros é desenvolvido pela Prefeitura de Teresópolis, através da Secretaria de Cultura, em parceria com a Secretaria de Educação, e conta com o patrocínio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Cultural dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro (Padec). Lançado em 2009, o projeto tem como objetivo levar atrações artísticas e culturais às comunidades, em praça pública, principalmente nos bairros mais afastados do centro, sempre nas tardes de domingo. Mais de 30 comunidades já foram visitadas ao longo de dois anos pelo projeto, que tem coordenação do professor Ayrton Rebello, diretor da Casa de Cultura Adolpho Bloch.

Nenhum comentário:

Postar um comentário